Decisão da Justiça abre precedentes para limitar reajuste dos planos de saúde